Wikipédia:Artigos destacados

Esta estrela simboliza os artigos destacados da Wikipédia

Artigos destacados na Wikipédia

Esta página contém uma lista de artigos que a comunidade da Wikipédia lusófona identificou e avaliou como artigos de excelente qualidade, e que por isso foram artigos de destaque na página principal. Para que um artigo se torne de qualidade deve cumprir com os critérios de destaque, passando por uma análise e avaliação da sua precisão, integridade do conteúdo, referências e verificabilidade da informação, estrutura e neutralidade.

No momento, existem 1138 artigos destacados, uma vez que em 2008 foi iniciado um processo de revalidação que acabou por remover diversos deles, principalmente os mais antigos. Considerando que a Wikipédia lusófona possui atualmente um número total de 1 014 088 artigos, pode-se afirmar que, de modo aproximado, 1 de cada 891 artigos permanece listado aqui como destaque. Os artigos que não atendem mais aos critérios podem ser propostos para melhoria ou ser aberta uma discussão para remoção do estatuto.

As edições da Wikipédia em outras línguas possuem também artigos destacados que podem ajudar a melhorar o conteúdo da Wikipédia em português. A existência de um artigo destacado noutra língua pode ser detetada através da presença de uma pequena estrela (Cscr-featured1.png) na coluna das ligações interlinguísticas de cada artigo.

Veja um artigo destacado aleatório clicando aqui.


Artigo destacado aleatório


Estátua de Isabel da Baviera por André Beauneveu, c. 1395, encomendada por João de Berry

Isabel da Baviera, também referida como Isabel de Wittelsbach-Ingolstádio ou de Wittelsbach-Ingolstadt e Isabela de Wittelsbach-Ingolstádio ou de Wittelsbach-Ingolstadt (em francês: Isabelle de Bavière, Isabeau de Bavière; em alemão: Elisabeth von Wittelsbach-Ingolstadt; c. 1370 — 24 de setembro de 1435) foi rainha da França como esposa do rei Carlos VI, com quem se casou em 1385. Nasceu na antiga e prestigiosa Casa de Wittelsbach, filha mais velha do duque Estêvão III da Baviera-Ingolstádio e Tadeia Visconti de Milão. Isabel foi enviada à França quando tinha cerca de 15 ou 16 anos, sob aprovação do jovem rei francês; os dois se casaram três dias depois de seu primeiro encontro.

Em 1389, Isabel foi homenageada com uma cerimônia luxuosa de entrada e coroação em Paris. Carlos sofreu o primeiro ataque de sua vida, uma doença mental progressiva em 1392, e foi forçado a retirar-se temporariamente do governo. Estes acontecimentos ocorreram com uma frequência cada vez maior, deixando uma corte dividida por facções políticas e mergulhada em extravagâncias sociais. Uma mascarada em 1393 para uma de suas damas de companhia — um evento posteriormente conhecido como Baile dos Ardentes — terminou em desastre com o rei quase queimado até a morte. Embora o monarca tenha exigido a retirada de Isabel da sua presença durante seus ataques de doença, sempre lhe permitiu autoridade para agir em seu nome, e concedeu-lhe o papel de regente para o Delfim de França (seu herdeiro), dando-lhe um lugar no conselho de regência, muito mais poder do que era habitual para uma rainha medieval. (leia mais...)

Conteúdo