Taiwan
English: Taiwan

Disambig grey.svg Nota: Para a ilha principal do país, veja Ilha Formosa. Para outros significados, veja China (desambiguação).
中華民國
Zhōnghuá Mínguó

República da China
Bandeira da República da China
Emblema Nacional
BandeiraBrasão de armas
Lema: 三民主義 (San-min Chu-i)
(Mandarim: "Três Princípios do Povo")
Hino nacional: Hino Nacional da República da China
Gentílico: taiwanês,
formosano,
formosino,
taiuanês

Localização da República da China

CapitalTaipé
25°02′N 121°38′L
Cidade mais populosaTaipé
Língua oficialMandarim (Guóyǔ)
GovernoRepública semipresidencialista
 - PresidenteTsai Ing-wen
 - Primeiro-ministroSu Tseng-chang
Estabelecimento 
 - Império centralizado unificado221 a.C. 
 - Declaração da república10 de outubro de 1911 
 - Estabelecida1 de janeiro de 1912 
 - Transferência para Taiwan7 de dezembro de 1949 
Área 
 - Total35 980 km² (137.º)
 - Água (%)10,3
População 
 - Estimativa para 201723 577 271 hab. (53.º)
 - Densidade650 hab./km² (17.º)
PIB (base PPC)Estimativa de 2018
 - TotalUS$ 1,250 trilhão*[1] 
 - Per capitaUS$ 52 960[1] 
PIB (nominal)Estimativa de 2018
 - TotalUS$ 603 bilhões*[1] 
 - Per capitaUS$ 25 534[1] 
IDH (2015)0,885 (27.º) – muito alto[nota 1]
Gini (2014)33,6 [3]
MoedaNovo dólar taiwanês (TWD)
Fuso horárioHorário de Chungyuan (UTC+8)
Cód. Internet.tw
Cód. telef.+886

Mapa da República da China

Taiwan[nota 2] (em chinês: 臺灣 ou 台灣 (tradicional), 台湾 (simplificado)), oficialmente República da China (RC), é um Estado insular localizado na Ásia Oriental, que evoluiu de um regime unipartidário com reconhecimento mundial e jurisdição plena sobre toda a China para uma democracia com reconhecimento internacional limitado e com competência apenas sobre a ilha Formosa e outras ilhas menores, apesar de usufruir de relações de facto com muitos outros países. Até 1949, foi o governo chinês reconhecido internacionalmente e, como tal, foi um dos membros fundadores das Nações Unidas[7] e um dos cinco membros permanentes do Conselho de Segurança da organização, até ser substituído pela República Popular da China em 1971.

Fundada em 1912, a República da China abrangia grande parte da China continental e da Mongólia. No final da Segunda Guerra Mundial, com a rendição do Japão, o país anexou o grupo de ilhas de Formosa e Pescadores (Penghu) à sua jurisdição. Quando o Kuomintang (KMT), o Partido Nacionalista Chinês, perdeu a guerra civil para o Partido Comunista em 1949, o governo da RC foi transferido para Taipé e estabeleceu a cidade como sua capital temporária[8] (também chamada de "capital da guerra" por Chiang Kai-shek),[9] enquanto os comunistas fundaram a República Popular da China (RPC) na China continental. Formosa, ao lado das ilhas Pescadores, Kinmen, Matsu e outras menores, em seguida, tornou-se a extensão da autoridade da República da China. Apesar de sua competência abranger apenas esta área, durante o início da Guerra Fria a República da China ainda era reconhecida por muitos países ocidentais e pela ONU como o único governo legítimo da China.

Constitucionalmente, a República da China não renunciou à sua reivindicação como o único governo legítimo de toda a China, embora, na prática, não possa prosseguir ativamente com estes objetivos.[10] Os partidos políticos do país, muitas vezes, têm visões radicalmente diferentes a respeito da soberania de Taiwan. Ambos os ex-presidentes Lee Teng-hui e Chen Shui-bian mantinham a opinião de que é um país soberano e independente, separado da China continental e de que não há necessidade de uma declaração formal de independência.[11] O presidente Ma Ying-jeou, no entanto, manifestou que considera que a República da China é um país soberano e independente, que inclui a China continental e Formosa.[12]

O país é uma democracia semipresidencialista e com sufrágio universal. O presidente atua como chefe de estado e a Assembleia Nacional serve como órgão legislativo. Considerado um dos quatro "tigres asiáticos", Taiwan é a 26.ª maior economia do mundo.[13] A sua indústria de tecnologia desempenha um papel-chave na economia global. A República da China é classificada como desenvolvida em termos de liberdade de imprensa, saúde, educação pública, liberdade econômica, entre outros indicadores sócio-econômicos.

Nomes e etimologia

Zhongwen.svg Este artigo contém texto em chinês.
Sem suporte multilingue apropriado, você verá interrogações, quadrados ou outros símbolos em vez de caracteres chineses.

Existem vários nomes usados para se referir à ilha de Taiwan atualmente, derivados dos diferentes exploradores ou governantes de cada período histórico. O antigo nome Formosa (福爾摩沙) data de 1542, quando os portugueses avistaram a ilha principal de Taiwan e a chamaram de "Ilha Formosa".[14] Com o tempo, o nome "Formosa" "substituiu todos os outros na literatura europeia"[15] e era de uso comum entre anglófonos no início do século XX.[16]

No início do século XVII, a Companhia Holandesa das Índias Orientais estabeleceu um posto comercial em Fort Zeelandia (atual Anping) em um banco de areia costeiro que chamaram de "Tayouan",[17] que significa "estrangeiros" na língua indígena siraya. O nome sirayan também era adotado no vernáculo chinês como o nome do banco de areia e da região próxima (atual Tainan). A palavra moderna Taiwan é derivada dessa utilização, que também era escrita como 大員, 大圓, 大灣, 臺員, 臺圓 e 臺窩灣 em vários registros históricos chineses. A área da moderna Tainan foi o primeiro assentamento permanente de colonos ocidentais e imigrantes chineses, tornando-se um importante centro comercial e servindo como a capital da ilha até 1887. O uso do nome chinês atual (臺灣) foi formalizado em 1684, com o estabelecimento da Prefeitura de Taiwan. Com o seu rápido desenvolvimento, todo a ilha Formosa, eventualmente, tornou-se conhecida como "Taiwan".[18][19][20][21]

O nome oficial do país é "República da China"; foi também conhecido por vários nomes ao longo de sua existência. Pouco tempo após o estabelecimento da República da China em 1912, enquanto ela ainda estava localizada no continente asiático, o governo usava a sigla "China" (Zhōngguó) para se referir a si mesmo. Durante os anos 1950 e 1960, era comum para se referir ao país como "China nacionalista" (ou "China livre") para diferenciá-lo de "China comunista" (ou "China vermelha").[22] O governo nacionalista foi membro das Nações Unidas, representando a "China" como um todo, até 1971, quando perdeu a sua vaga para a República Popular da China. Ao longo das décadas subsequentes, a República da China tornou-se conhecida como "Taiwan", por conta do nome da ilha que compõe a maior parte de seu território de facto. A República da China participa da maioria dos fóruns e organizações internacionais com o nome "Taipé Chinesa" devido à pressão diplomática da China comunista. Este nome, por exemplo, foi o usado pelo país nos Jogos Olímpicos de Verão de 1984, além de também ser seu nome como observador da Organização Mundial de Saúde (OMS).[23]