Riqueza
English: Wealth

Disambig grey.svg Nota: Para outros significados, veja Riqueza (desambiguação).
Question book-4.svg
Esta página cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde Outubro de 2008). Ajude a inserir referências. Conteúdo não verificável poderá ser acadêmico)
Searchtool.svg
Esta página foi marcada para revisão, devido a incoerências e/ou dados de confiabilidade duvidosa (desde outubro de 2008). Se tem algum conhecimento sobre o tema, por favor, verifique e a coerência e o rigor deste artigo.
O dinheiro é amplamente visto como um sinal de riqueza e abundância em muitas sociedades modernas.

Riqueza é a situação referente à abundância na posse de bens materiais[1], tais como dinheiro e propriedades móveis, imóveis e semoventes; sendo portanto, o contrário de pobreza. Também se aplica à condição de alguém ter em abundância um determinado bem de valor. A riqueza também pode ser medida pelo acesso aos serviços básicos, como saúde, etc. Rica é a pessoa que acumulou substancial riqueza em relação à sociedade na qual vive. Sem dúvida, a riqueza implica acordo social que faça valer o direito de propriedade, através de numerosos meios legais de proteção.

O conceito de riqueza é interrelacionado ao de prosperidade, e de fato, algumas fontes chegam a apontá-los como sinônimos[1], mas outras discordam, apontando diferenças entre ambos. Há quem diga que riqueza é quantidade de bens e dinheiro, enquanto a Prosperidade é um grau de satisfação causada por eles.[carece de fontes?] Há ainda quem diferencie ambos os conceitos partindo da afirmativa de que a riqueza é o fato de ter bens, enquanto a prosperidade é a capacidade de gerar riquezas.[2]

Riqueza Imaterial é aquela que não pode ser medida. É conhecimento, sabedoria, arte. O maior bem de um homem é a sua consciência, que está ligada a seu espírito. O corpo terreno e os bens materiais são matéria e o que dá valor à matéria é a mente de cada um. Se você acredita que tal coisa tem valor ela passa a ter. Diferente das posses materiais, a consciência do homem pode ser ilimitada e adquirir riquezas infinitas inerentes ao seu espírito. O conceito de riqueza é relativo: o que é ser rico, possuir ou compreender?

O conceito de riqueza é relativo e não varia apenas entre pessoas de diferentes países, mas entre pessoas de um mesmo país. Por exemplo, um patrimônio de US$ 1.000.000,00 em muitas partes do Meio-Oeste americano colocaria qualquer pessoa entre as mais ricas da região, mas não seria uma quantia tão impressionante na região do Upper East em Nova Iorque. Sem contar que tal quantia seria fabulosa nos países em desenvolvimento.

Riqueza e pobreza

A completa falta de qualquer tipo de riqueza pode constituir pobreza, embora o oposto da pobreza seja a suficiência (em alimentação, abrigo, educação e atendimento em saúde), mais que a abundância que a riqueza implica.

A erradicação da extrema pobreza no mundo é um dos objetivos que se busca alcançar em 2015.