Reino de Portugal



Regnum Portugalliae et Algarbiae
Reino de Portugal e dos Algarves [a]
1139 – 1910Flag of Portugal.svg
FlagBrasão
BandeiraBrasão
Lema nacional
In hoc signo vinces (Por este sinal conquistarás)

Vis Unita Maior Nunc et Semper (A unidade é a maior força, agora e para sempre)

Hino nacional
Hymno Patriótico (1808-1826)

Hymno da Carta (1826-1910)


Localização de Portugal
O Reino de Portugal em 1910
ContinenteEuropa,Ásia e África
CapitalCoimbra (1139-1255)
Lisboa[b] (1255-1808)
Rio de Janeiro (1808-1822)
Angra do Heroísmo(1830-1834)(Guerra Civil Portuguesa)
Lisboa (1822-1910)
Língua oficialPortuguês
ReligiãoIgreja Católica Romana
GovernoMonarquia (1139-1668)
Monarquia Absoluta (1668-1820 / 1828-1834)
Monarquia Constitucional (1820-1828 / 1834-1910)
Monarca
 • 1139-1185D. Afonso Henriques (primeiro)
 • 1908-1910D. Manuel II (último)
Primeiro-Ministro
 • 1834 - 1835Pedro de Sousa Holstein (primeiro)
 • 1910 - 1910António Teixeira de Sousa (último)
LegislaturaCortes (1826-1828 / 1834-1836 / 1842-1910)
 - Câmara AltaCâmara dos Pares
 - Câmara BaixaCâmara dos Deputados
História
 • 26 de Julho de 1139Estabelecimento
 • 1 de Dezembro de 1640Restauração da Independência
 • 24 de Agosto de 1820Revolução Liberal
 • 7 de Setembro de 1822Independência do Brasil
 • 5 de Outubro de 1910Revolução de 5 de Outubro
Área
 • 191092 391 km2
População
 • 1910 est.5 969 056 
     Dens. pop.64,6 hab./km²
MoedaDinheiro português (1139–1433)
Real Português (1433–1910)
Precedido por
Sucedido por
PortugueseFlag1095.svgCondado Portucalense
Flag of the Couto Misto.svgCouto Misto
Flag of Morocco 1073 1147.svgAlmorávidas
Flag of Almohad Dynasty.svgCalifado Almóada
Flag of Morocco 1258 1659.svgMerínidas
PortugalFlag of Portugal.svg
a. Desde 1248 o Reino era denominado de Reino de Portugal e dos Algarves ou simplesmente de Reino de Portugal; entre 1815 e 1822, era também conhecido por estar associado ao Reino do Brasil como Reino Unido de Portugal, Brasil e Algarves.

b. Capital movida para Rio de Janeiro (1808-1815) e durante a primeira dinastia localizada em Coimbra de 1139 a 1255.

O Reino de Portugal era a denominação de Portugal sob a governação de um regime monárquico, e no início ainda sem o reino dos Algarves.

Este reino localizava-se no oeste da Península Ibérica, Europa. Existiu de 1139 a 1910, tendo 771 anos de duração, 35 monarcas e 4 dinastias, tendo a primeira (Afonsina ou Borgonha): 9; a de Avis: 9; a Filipina: 3 e a de Bragança: 14.

Após a implantação da república portuguesa em 5 de outubro de 1910, foi substituído por uma república, a denominada Primeira República Portuguesa, implantada após a revolução de 5 de outubro de 1910.

Origens e fim

Ver artigo principal: História de Portugal

O Condado Portucalense (1093-1139) era um condado integrante do Reino de Leão (910-1230).

O procedimento da sua independência deu-se em três momentos fulcrais:

Este é o início da dinastia Afonsina (ou de Borgonha), esta, por sua vez, originária da família ducal de Borgonha e ascendente da última família real portuguesa, a Casa de Bragança-Saxe-Coburgo e Gota.

Por oitocentos anos, reis comandaram Portugal e conquistaram diversos territórios formando o vasto império ultramarino português. A classe dominante e abastada por todo este período, foi a nobreza portuguesa, que gozava de diversos privilégios.

Em 1908, o rei D. Carlos I de Portugal foi assassinado em Lisboa. A monarquia portuguesa durou até 5 de outubro de 1910, quando, através de uma revolução, foi derrubada a monarquia, exilado o rei D. Manuel II e proclamada a república portuguesa. O derrube da monarquia em 1910 conduziu a dezasseis anos de luta para sustentar a democracia parlamentar de cariz republicano.