Reino Unido

Disambig grey.svg Nota: Para outros significados, veja Reino Unido (desambiguação).
United Kingdom of
Great Britain and Northern Ireland
[nota 1]

Reino Unido da
Grã-Bretanha e Irlanda do Norte
Bandeira do Reino Unido
Real brasão de armas do Reino Unido
BandeiraReal brasão de armas
Lema: Dieu et mon droit
"Deus e meu direito" [nota 2]
Hino nacional: God Save the Queen
"Deus Salve a Rainha" [nota 3]
Gentílico: britânico(a)

Localização do Reino Unido da Grã-Bretanha e Irlanda do Norte

Localização do Reino Unido (em vermelho)
No continente europeu (em cinza)
Na União Europeia (em branco) Location of the BOTs.svg
Territórios britânicos ultramarinos
CapitalLondres
51°30'N 00°07'W
Cidade mais populosaLondres
Língua oficialInglês (de facto)[nota 4]
GovernoMonarquia constitucional parlamentar
 - MonarcaIsabel II
 - Primeira-ministraTheresa May
Formação 
 - Tratado de União1 de maio de 1707 
 - Ato de União de 18001 de janeiro de 1801 
 - Tratado Anglo-Irlandês12 de abril de 1922 
Entrada na UE1 de janeiro de 1973
Área 
 - Total244.820 km² (79.º)
 - Água (%)1,34
População 
 - Censo 201463 181 775[4] hab. 
 - Densidade255,6 hab./km² (51.º)
PIB (base PPC)Estimativa de 2014
 - TotalUS$ 2,434 trilhões * [5] (8.º)
 - Per capitaUS$ 37 744 (23.º)
PIB (nominal)Estimativa de 2014
 - TotalUS$ 2,847 trilhões * [5] (6.º)
 - Per capitaUS$ 44 141[5] (22.º)
IDH (2017)0,922 (14.º) – muito elevado[6]
Gini (2012)32,8[7]
MoedaLibra esterlina (£) [nota 5] (GBP)
Fuso horárioUTC

(ainda -8, -5, -4, -2, +1, +6, usados pelos Territórios britânicos ultramarinos).

 - Verão (DST)BST (UTC+1)
Org. internacionaisONU, OMC, UE, OTAN, G8, G20, Conselho da Europa
Cód. ISOGBR
Cód. Internet.uk
Cód. telef.+44
Website governamentalwww.gov.uk

Mapa do Reino Unido da Grã-Bretanha e Irlanda do Norte

Reino Unido (em inglês: United Kingdom - UK), oficialmente Reino Unido da Grã-Bretanha e Irlanda do Norte[nota 6](em inglês: United Kingdom of Great Britain and Northern Ireland), é um Estado soberano insular[9][10] localizado em frente à costa noroeste do continente europeu. O Reino Unido inclui a ilha da Grã-Bretanha, a parte nordeste da ilha da Irlanda, além de muitas outras ilhas menores. A Irlanda do Norte é a única parte do Reino Unido com uma fronteira terrestre, no caso, com a República da Irlanda.[11] Fora essa fronteira terrestre, o país é cercado pelo oceano Atlântico, o mar do Norte, o canal da Mancha e o mar da Irlanda. A maior ilha, a Grã-Bretanha, é conectada com a França pelo Eurotúnel.

O Reino Unido é uma união política[12] de quatro "países constituintes": Escócia, Inglaterra, Irlanda do Norte e País de Gales. O governo é regido por um sistema parlamentar, cuja sede está localizada na cidade de Londres, a capital, e por uma monarquia constitucional que tem a rainha Isabel II como a chefe de Estado. As dependências da Coroa das Ilhas do Canal (ou Ilhas Anglo-Normandas) e a Ilha de Man (formalmente possessões da Coroa), não fazem parte do Reino Unido, mas formam uma confederação com ele.[13]

O país tem quatorze territórios ultramarinos, todos remanescentes do Império Britânico, que no seu auge possuía quase um quarto da superfície da Terra, fazendo desse o maior império da história. Como resultado da era imperial, a influência britânica no mundo pode ser vista no idioma, na cultura e nos sistemas judiciários de muitas de suas antigas colônias, como o Canadá, a Austrália, a Índia e os Estados Unidos. A rainha Isabel II permanece como a chefe da Comunidade das Nações (Commonwealth) e chefe de Estado de cada uma das monarquias na Commonwealth.[14]

O Reino Unido é um país desenvolvido, com a sexta (PIB nominal) ou sétima (PPC) maior economia do mundo. Ele foi o primeiro país industrializado do mundo e a principal potência mundial durante o século XIX e o começo do século XX,[15] mas o custo econômico de duas guerras mundiais e o declínio de seu império na segunda metade do século XX reduziu o seu papel de líder nos temas mundiais. O Reino Unido, no entanto, permaneceu sendo uma potência importante com forte influência econômica, cultural, militar e política, sendo uma potência nuclear, com o terceiro ou quarto (dependendo do método de cálculo) maior gasto militar do mundo. É um Estado-membro da União Europeia, tem um assento permanente no Conselho de Segurança das Nações Unidas e é membro do G8, da Organização do Tratado do Atlântico Norte (OTAN), da Organização Mundial do Comércio (OMC) e da Comunidade das Nações.[16]

Etimologia e terminologia

O Tratado de União de 1707 declarou que os reinos de Inglaterra e Escócia estavam "unidos em um reino sob o nome de Grã-Bretanha", embora o novo Estado também seja referido no tratado Reino Unido da Grã-Bretanha e Reino Unido.[17][18] O termo "Reino Unido" era usado de forma informal durante o século XVIII e o país era ocasionalmente referido como "Reino Unido da Grã-Bretanha".[19] O Ato de União de 1800 uniu o Reino da Grã-Bretanha e o Reino da Irlanda em 1801 e criou o Reino Unido da Grã-Bretanha e Irlanda. O nome Reino Unido da Grã-Bretanha e da Irlanda do Norte foi adotado pelo Ato de 1927 e refletia a independência do Estado Livre da Irlanda e a Partição da Irlanda em 1922, que deixou a Irlanda do Norte como a única parte da ilha da Irlanda sob domínio do Reino Unido.[20]

Embora o Reino Unido, como um Estado soberano, seja um país, Inglaterra, Escócia, País de Gales e (mais controversa) a Irlanda do Norte também são consideradas "países", embora não sejam Estados soberanos. A Escócia, o País de Gales e a Irlanda do Norte possuem um governo próprio, embora limitado pelo Parlamento Britânico.[21][22] O site britânico do primeiro-ministro usou a frase "países dentro de um país" para descrever o Reino Unido.[10] No que diz respeito à Irlanda do Norte, o uso do nome descritivo "pode ser controverso, sendo a escolha muitas vezes reveladora de preferências políticas".[23] Entre os termos utilizados para a Irlanda do Norte estão "região" e "província".[24][25]

O termo Grã-Bretanha é muitas vezes usado como sinônimo para o Reino Unido. No entanto, este refere-se a região geográfica da ilha da Grã-Bretanha ou, politicamente, a combinação de Inglaterra, Escócia e País de Gales.[26][27] Às vezes o termo também é usado como sinônimo para o Reino Unido como um todo.[28][29] GB e GBR são os códigos padrão para o Reino Unido (ver ISO 3166-2 e ISO 3166-1 alfa-3) e são, consequentemente, utilizados por organizações internacionais para se referir ao país. Além disso, a equipe olímpica do Reino Unido disputa os jogos com o nome de "Grã-Bretanha" ou "Time GB".[30]

O adjetivo britânico é comumente usado para se referir a questões relacionadas com o Reino Unido. O termo não tem conotação jurídica definida, porém, ele é usado em leis para se referir à cidadania e nacionalidade do Reino Unido.[31] O povo britânico usa diversos termos diferentes para descrever a sua identidade nacional e podem se identificar como sendo próprios britânicos; ou como sendo ingleses, escoceses, galeses, norte-irlandeses, irlandeses[32] ou ambos.[33]