Propensão marginal a consumir

A Propensão marginal a consumir mede quanto se incrementa no consumo de uma pessoa quando há um acréscimo em sua renda disponível (a renda disponível depois do pagamento dos impostos) em uma unidade monetária[1].

Fórmula Matemática

A propensão marginal ao consumo define-se como a variação do consumo a uma nova renda disponível, pode ser expressa matematicamente derivado da seguinte forma:

;

que explica como as mudanças de consumo mudam quando a renda muda[2]. Na análise do consumo keynesiana, formulamos a seguinte expressão para o consumo:

;

É considerada válida para intervalos de variação dos resultados em que a PMC permanece aproximadamente constante:

= Consumo
= Consumo autônomo ou fixo.
= Propensão marginal a consumir
= Renda disponível
= Propensão marginal a poupar.