Portal Lusofonia


Portal Lusofonia
Este portal pretende reunir informações sobre os mais variados temas relacionados com a lusofonia.


  Bem-vindo(a) ao Portal da Lusofonia!
Português europeuPortuguês europeuPortuguês europeuPortuguês de AngolaPortuguês brasileiroPortuguês cabo-verdianoPortuguês da Guiné EquatorialPortuguês da Guiné-BissauPortuguês de MacauPortuguês de MoçambiquePortuguês de São Tomé e PríncipePortuguês de Timor-LesteMapa dos países lusófonos.
Esta imagem contém hiperligações
Países que têm o português como língua oficial. Clique no mapa para ver o artigo sobre a variante falada nesse país ou território.v • •

Lusofonia é a comunidade formada por todos os povos e as nações que partilham a língua e cultura portuguesas como Angola, Brasil, Cabo Verde, Galiza, Guiné-Bissau, Guiné Equatorial, Macau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe, Timor-Leste, Goa, Damão e Diu e por diversas pessoas e comunidades em todo o mundo. O Dia da Cultura Lusófona é comemorado a 5 de maio, dia esse dedicado à língua, cultura e expressão portuguesa e o Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas celebra a data de 10 de junho de 1580, data da morte de Camões, sendo também este o dia dedicado ao Santo Anjo da Guarda de Portugal.

  Artigo em destaque
Bandeira de Portugal.
Localização.

Portugal, oficialmente República Portuguesa, é um país situado no sudoeste da Europa, cujo território se situa na zona ocidental da Península Ibérica e em arquipélagos no Atlântico Norte. Possui uma área total de 92 212 km², e é a nação mais ocidental do continente europeu. O território português é delimitado a norte e a leste por Espanha e a sul e oeste pelo oceano Atlântico, e compreende a parte continental e as regiões autónomas: os arquipélagos dos Açores e da Madeira. Tem cerca de 10 374 822 habitantes e a sua capital é Lisboa.

Nascendo desde um pequeno condado do Reino de Leão, o Condado Portucalense, tornou-se independente em 1143 com D. Afonso Henriques, primeiro rei de Portugal, que com a sua valentia fez nascer uma nova nação e a alargou conquistando território aos mouros. Após a Reconquista, Portugal iniciou a sua empresa nos descobrimentos, dando novos mundos ao mundo. Durante os séculos XV e XVI, Portugal foi uma potência mundial económica, social e cultural, constituindo-se o primeiro e o mais duradouro império colonial de amplitude global. O ouro e diamante que vinha do vasto império permitiu a construção de magníficos monumentos que ainda hoje se podem admirar. Devido a crises de sucessão, Portugal incorporou em Espanha, outro vastíssimo reino e império. Reconquistando a sua independência após sessenta anos de poderio espanhol, Portugal enfrentou muitas tribulações. Destaca-se o terramoto de 1755 que vitimou milhares de pessoas e destruiu Lisboa por completo. Sebastião José de Carvalho e Melo, primeiro Conde de Oeiras e Marquês de Pombal, encetou um plano de reconstrução que está ainda patente na baixa da cidade. Crises políticas e económicas levaram à queda da monarquia constitucional, após o golpe de estado de 5 de outubro de 1910, já preludiado pelo regicídio de 1908. Instaurada a I República, Portugal procurou resolver os seus problemas sociais e económicos e garantir uma maior estabilidade política. Mas as dificuldades na resolução desses problemas, agravados com uma extrema instabilidade política, levaram a que a I República caísse após dezasseis anos de vigoridade, com o golpe de Estado de 28 de maio de 1926. Deste modo, o país entrou num regime ditatorial, a II República, inicialmente de cariz militar, e depois, com a chegada de António de Oliveira Salazar ao poder, constitucionalizado. Salazar instaurou um regime de partido único, autoritário, corporativista e com pendor confessional. Após a saída de Salazar do poder, em 1968, Marcello Caetano tornou-se primeiro-ministro. A lentidão na aplicação de reformas com o objetivo de liberalizar o regime, culminaram no golpe militar de 25 de abril de 1974, conhecido como a Revolução dos Cravos ou a Revolução de 25 de Abril de 1974. Após um período de alguma instabilidade política e social, conhecido por Verão Quente, conseguiu-se consolidar um regime parlamentar e democrático, a III República.

Portugal é hoje um país relativamente desenvolvido, social e politicamente estável e com um Índice de Desenvolvimento Humano muito elevado. Possui dezoito distritos e duas regiões autónomas, já referidas. O seu sistema político é uma república parlamentar, sendo o seu presidente Marcelo Rebelo de Sousa e o seu primeiro-ministro António Costa. A sua língua oficial é o português e a sua moeda o euro. A bandeira nacional e o seu hino nacional A Portuguesa são os símbolos nacionais de Portugal.

É membro da Organização das Nações Unidas, da Organização do Tratado do Atlântico Norte, da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico, da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa e da União Europeia, e um dos países fundadores da Zona Euro e Associação Europeia de Livre Comércio. Participa em diversas missões de manutenção de paz das Nações Unidas.

  Sabia que...
  • … o português é conhecido como a língua de Camões, em homenagem a uma das mais conhecidas figuras literárias de Portugal, Luís Vaz de Camões?
  • São Paulo é a cidade com o maior número de falantes de português em todo o mundo?


  Colabore
Clipboard.svg

Agradecemos o seu interesse por ampliar e melhorar os artigos relacionados com a lusofonia na Wikipédia em português! Abaixo algumas coisas que esperam a sua colaboração:


  WikiProjetos
  Categorias
  Imagem em destaque
  Wikimedia
Lusofonia no Wikinotícias    Lusofonia no Wikiquote    Lusofonia no Wikilivros    Lusofonia no Wikisource    Lusofonia no Wikcionário    Lusofonia na Wikiversidade    Lusofonia no Wikivoyage    Lusofonia no Commons
NotíciasCitaçõesLivros didáticos e manuaisBibliotecaDefiniçõesRecursos de aprendizadoGuias de viagemImagens e mídia
https://pt.wikinews.org/wiki/Special:Search/LusofoniaWikinews-logo.png
https://pt.wikiquote.org/wiki/Special:Search/LusofoniaWikiquote-logo.svg
https://pt.wikibooks.org/wiki/Special:Search/LusofoniaWikibooks-logo.png
https://pt.wikisource.org/wiki/Special:Search/LusofoniaWikisource-logo.svg
https://pt.wiktionary.org/wiki/Special:Search/LusofoniaWiktionary-logo.svg
https://pt.wikiversity.org/wiki/Special:Search/LusofoniaWikiversity-logo.svg
https://pt.wikiversity.org/wiki/Special:Search/LusofoniaWikivoyage-Logo-v3-icon.svg
//pt.wikipedia.org/wiki/Especial:Search/Commons:LusofoniaCommons-logo.svg
  Portais relacionados