Milho

Disambig grey.svg Nota: Milho verde redireciona para este artigo. Para o distrito do município de Serro, Minas Gerais, veja Milho Verde.
Como ler uma infocaixa de taxonomiaMilho
Variedades de milho
Variedades de milho
Classificação científica
Reino:Plantae
Divisão:Magnoliophyta
Classe:Liliopsida
Ordem:Poales
Família:Poaceae
Subfamília:Panicoideae
Tribo:Maydeae
Género:Zea
Espécie:Z. mays
Nome binomial
Zea mays
L.
Zea mays 'Ottofile giallo Tortonese' - MHNT
Zea mays "fraise" - MHNT
Zea mays "Oaxacan Green" - MHNT

O milho (Zea mays) é um conhecido cereal cultivado em grande parte do mundo. O milho é extensivamente utilizado como alimento humano ou para ração animal, devido às suas qualidades nutricionais. Todas as evidências científicas levam a crer que seja uma planta de origem mexicana, já que a sua domesticação começou de 7.500 a 12.000 anos atrás na área central do México.[1]

Tem um alto potencial produtivo e é bastante responsivo à tecnologia. O seu cultivo geralmente é mecanizado, se beneficiando muito de técnicas modernas de plantio e colheita. A produção mundial foi 817 milhões de toneladas em 2009 - mais que arroz (678 milhões de toneladas) ou que trigo (682 milhões de toneladas). O milho é cultivado em diversas regiões do mundo. O maior produtor mundial são os Estados Unidos.[2]

Etimologia

A palavra milho é oriunda do latim vulgar mĭlĭum, termo oriundo do numeral mil devido à quantidade de grãos em cada espiga. O termo milho é atestado antes mesmo da introdução da espécie Zea mays na Europa, pois denominava o que em língua castelhana chama-se mijo e em português acabou-se por chamar de milhete ou painço[3].

Já o termo maís tem origem na Língua taína da ilha de Hispaniola, termo usado na língua portuguesa já no fim do século XX e atestado por António Galvão na sua famosa obra Tratado dos descobrimentos antigos, e modernos(...) de 1563.[4] De maís advém o termo maisena.

Em Portugal no século XVIII era conhecido por milho zaburro, milho grande, milho graúdo, milho maís, milhão, milho grosso e milho de maçaroca[5].

As populações ameríndias do Brasil de língua tupi conheciam o milho por nomes como avati, auati e abati[6].