Micro-organismo
English: Microorganism

Bactéria Escherichia coli aumento de 10 000 num microscópio eletrônico.

Micro-organismos (pré-AO 1990: microorganismos), microrganismos ou micróbios são organismos que só podem ser vistos ao microscópio. Incluem os vírus, as bactérias, os protozoários, as algas unicelulares, fungos (as leveduras unicelulares assim como os demais fungos pluricelulares) e os ácaros. Diferente do que muitos pensam, seres microscópicos não são necessariamente seres unicelulares, um exemplo disso são os próprios ácaros.[1]

Esta designação não tem valor taxonômico, uma vez que engloba organismos de diferentes reinos, mas é utilizada na ciência e na tecnologia (como na fabricação de alimentos fermentados). A disciplina que estuda os micro-organismos é a microbiologia.

Muitos microrganismos são agentes patogênicos, mas muitos são benefícos para outras espécies, vivendo como simbiontes, ou para o meio ambiente, como as bactérias que decompõem a matéria orgânica dentro do ciclo biogeoquímico. [1] Podem encontrar-se microorganismos em todos os habitats, tolerando os ambientes mais extremos,[2] desde o fundo dos oceanos, passando pelo solo terrestre, e até na atmosfera.[3]

Vírus

Os vírus são partículas formadas por uma cápsula proteica que protege o material genético (DNA ou RNA); só estando no interior de uma célula viva são capazes de realizar o metabolismo e a reprodução, por isso não são considerados seres vivos por alguns autores, embora mostrem uma evolução genética e sejam, em muitos casos, capazes de reconhecer o seu hospedeiro.[1] Uma vez que eles parasitam um ser vivo, são normalmente patogênicos, matando as células onde se reproduzem, para libertar as novas partículas virais. Vírus são responsáveis por doenças do ser humano como a Dengue, o Sarampo e o AIDS. Nos animais, são responsáveis por epidemias como a Peste Suína,[4] a Febre Aftosa dos bovinos,[5] e a Doença de Newcastle que ataca aves.[6]

Devido à sua rápida reprodução, algumas espécies de vírus têm sido usados em estudos de genética e de biologia molecular, incluindo a produção de organismos geneticamente modificados.[1]