Melanina
English: Melanin

Pigmented melanoma - cytology.jpg
Wikcionário
O Wikcionário tem o verbete melanina.

Melanina é a denominação genérica de uma classe de compostos poliméricos derivados da tirosina, que é existente nos reinos Animal, Planta e Protista e cuja principal função é a pigmentação e proteção contra a radiação solar. É a melanina que, por exemplo, confere pigmentação à pele[1],aos olhos e aos cabelos dos mamíferos. A falta de melanina dá origem a uma condição denominada albinismo.

A pele faz o pigmento melanina a cada 48 horas[2]. A produção de melanina é feita pelos melanócitos ou melanoblastos, células da camada basal da epiderme que mantêm contacto com os queratinócitos por intermédio de projeções citoplasmáticas. Esses prolongamentos é que permitem que os pigmentos melânicos produzidos se depositem nos queratinócitos.

Síntese

A síntese de melanina é teoricamente explicada pela presença de uma enzima - tirosinase - concentrada no aparelho de Golgi dos melanócitos. O pigmento é originado a partir da polimerização do aminoácido tirosina por intermédio da ação da tirosinase, a qual passa de aminoácido incolor a um pigmento castanho. A tirosina polimerizada deposita-se em vesículas denominadas melanossomas, as quais se deslocam pelos prolongamentos citoplasmáticos dos melanócitos, sendo transferidos para os queratinócitos através de um processo de secreção, denominado secreção citócrina (de célula para célula) Embora exista uma corrente que não concorda com esse processo e sim que os grãos de melanina saem dos melanócitos por , são depositados no liquido intersticial e capturados por receptores na membrana dos queratinócitos, isso explica a ação do sistema imune ao destruir a melanina no caso do Vitiligo é o que prova pesquisas da Associação Fluido Vital. Os grânulos de melanina permanecem no citoplasma dos queratinócitos e se depositam ao redor do núcleo onde realiza a proteção gênica dos mesmos.