Mario Vargas Llosa

Mario Vargas Llosa Medalha Nobel
Mario Vargas Llosa na Feira do Livro de Gotemburgo, quinta-feira 22 de setembro de 2011.
Nome completoJorge Mario Pedro Vargas Llosa
Nascimento28 de março de 1936 (82 anos)
Arequipa, Arequipa, Peru
Nacionalidadeperuano


espanhol

CônjugeJulia Urquidi (1955–1964)
Patricia Llosa (1965–2015)
Isabel Presley
Filho(s)Álvaro Vargas Llosa
Gonzalo Vargas Llosa
Morgana Vargas Llosa
Alma materUniversidade Nacional Maior de São Marcos
Universidade Complutense de Madrid
Influenciados
PrémiosPrémio Rómulo Gallegos (1967), Prémio Princesa das Astúrias (1986), Prémio Planeta (1993), Prêmio Miguel de Cervantes (1994), Prémio Jerusalém (1995), National Book Critics Circle Award (1997), Prémio PEN/Nabokov (2002)
Prémio Mundial Cino Del Duca (2008), Nobel de Literatura (2010)
Movimento literárioBoom Latino-americano
Página oficial
www.mvargasllosa.com
Assinatura
Mario Vargas Llosa Signature.svg

Jorge Mario Pedro Vargas Llosa, marquês de Vargas Llosa[1][2] (Arequipa, 28 de março de 1936), é um escritor, jornalista, ensaísta e político peruano, laureado com o Nobel de Literatura de 2010.[3]

Biografia

Mario Vargas Llosa em 1982.
Mario Vargas Llosa em 2007.

Nascido em uma família de classe média, único filho de Ernesto Vargas Maldonado e Dora Llosa Ureta, seus pais separaram-se após cinco meses de casamento. Com isto, o menino não conheceu o pai até os dez anos de idade. Sua primeira infância foi em Cochabamba, na Bolívia, mas no período do governo José Luis Bustamante y Rivero, seu avô obtém um importante cargo político no governo, em Piura, no norte do Peru, e sua mãe retorna ao Peru, para viver naquela cidade.

Em 1946 muda-se para Lima e então conhece seu pai. Os pais reconciliam-se e, durante sua adolescência, a família continuará vivendo ali.

Ao completar 14 anos, ingressa, por vontade paterna, no Colégio Militar Leôncio Prado, em La Perla, como aluno interno, ali permanecendo por dois anos. Essa experiência será o tema do seu primeiro livro - La ciudad y los perros ("A cidade e os cachorros", em tradução livre), publicado no Brasil como "Batismo de Fogo" e, posteriormente, como A cidade e os cachorros.[4]

Em 1953 é admitido na tradicional Universidad Nacional Mayor de San Marcos, em Lima, a mais antiga da América. Ali estudou Letras e Direito, contra a vontade de seu pai.

Aos 19 anos, casa-se com Julia Urquidi, irmã da mulher de seu tio materno, e passa a ter vários empregos para sobreviver: atua como redator mas também fichando livros e até mesmo revisando nomes em túmulos nos cemitérios. Em 1958 recebe uma bolsa de estudos "Javier Prado" a vai para a Espanha, onde obtém doutorado em Filosofia e Letras, logo depois, na Universidade Complutense de Madri. Após isso vai para a França, onde vive durante alguns anos. Em 1964 divorcia-se de Júlia e em 1965 casa-se com a prima Patrícia Llosa, com quem tem três filhos Álvaro, Gonzalo e Morgana.