Lycopodiaceae
English: Lycopodiaceae

Como ler uma infocaixa de taxonomiaLycopodiaceae
Lycopodium clavatum.
Lycopodium clavatum.
Classificação científica
Reino:Plantae
Superdivisão:Pteridophyta (parafilético)
Divisão:Lycophyta
Classe:Lycopsida
Subclasse:Lycopodiidae
Ordem:Lycopodiales
Família:Lycopodiaceae (família nº 1 de pteridófitas)
Géneros
Lycopodium jussiaei.

Lycopodiaceae é uma família de plantas vasculares, em grande parte epífitas, com caules e raízes com ramificação dicotómica, pertencentes à classe Lycopodiopsida. São plantas cosmopolitas, encontradas predominantemente em ambientes tropicais montanos e raramente em ambientes áridos. Não possuem grande importância económica e os seus esporos têm sido utilizados na indústria de lubrificantes e em pirotecnia.[1] São a única família extante da ordem Lycopodiales e em conjunto com as Isoetales e Selaginellales constituem os únicos representas das linhagens de Lycopodiophytina que em tempo dominaram o mundo vegetal. O registo fóssil mais antigo que se conhece data de há cerca de 420 milhões de anos atrás (do Ludlow, Silúrico) da Austrália.[2]

Morfologia

Estas plantas possuem ramificação dicotômica tanto caulinar como radicular, em geral são de tamanho reduzido, podendo variar de 5 a 20 centímetros de altura, com exceção de algumas espécies epífitas que chegam a ter 2 metros de comprimento. Suas folhas são simples e com nervura não ramificada, variando de 0,2 a 2 centímetros de comprimento e com características diversas, podendo ter formato de escamas ou formar uma camada recobrindo o caule denominada microfilo.[1]

Os esporos são deiscentes por fenda transversal e parcialmente reniformes.[1] Geralmente estão presentes na região axilar ou na base dos esporofilos.[3]