Iraque
English: Iraq

جمهوريّة العراق (árabe)
(Al-Jumhuriyah Al-Iraqiyah)
كۆماری عێراق (curdo)
(Komar-i ‘Êraq)

República do Iraque
Bandeira do Iraque
Brasão de armas do Iraque
BandeiraBrasão de armas
Hino nacional: Mawtini
Gentílico: Iraquiano(a)

Localização de Iraque

Localização do Iraque
CapitalBagdá
33°20'N 44°26'E
Cidade mais populosaBagdá
Língua oficialÁrabe e Curdo
Religião oficialIslamismo
GovernoRepública parlamentarista
 - PresidenteBarham Salih
 - Primeiro-ministroAdil Abdul-Mahdi
Independênciado Império Otomano e do Reino Unido 
 - do Império Otomano1 de outubro de 1919 
 - do Reino Unido3 de outubro de 1932 
Área 
 - Total438 317 km² (58.º)
 - Água (%)1.1
 FronteiraArábia Saudita, Irã, Jordânia, Kuwait, Síria e Turquia.
População 
 - Estimativa para 201538 146 025 [1] hab. (36.º)
 - Densidade82,7 hab./km² (125.º)
PIB (base PPC)Estimativa de 2014
 - TotalUS$ 494,453 bilhões*[2] 
 - Per capitaUS$ 13 784[2] 
PIB (nominal)Estimativa de 2014
 - TotalUS$ 232,218 bilhões*[2] 
 - Per capitaUS$ 6 473[2] 
IDH (2017)0,685 (120.º) – médio[3]
MoedaDinar iraquiano (IQD)
Fuso horárioAST (UTC+3)
 - Verão (DST)ADT (UTC+4)
Cód. ISOIRQ
Cód. Internet.iq
Cód. telef.+964

Mapa de Iraque

O Iraque (em árabe العراق, transl. al - Irāq, em curdo Îraq), oficialmente República do Iraque é um país do Oriente Médio, limitado a norte pela Turquia, a leste pelo Irã, a sul pelo Golfo Pérsico, pelo Kuwait e pela Arábia Saudita e a oeste pela Jordânia e pela Síria. Sua capital é a cidade de Bagdá (Bagdá), no centro do país, às margens do rio Tigre.

O Iraque tem uma seção estreita de litoral que se estende por 58 quilômetros no norte do Golfo Pérsico e seu território compreende a mesopotâmica planície aluvial, o fim do noroeste da Cordilheira de Zagros e a parte oriental do deserto sírio. Dois grandes rios, o Tigre e o Eufrates, percorrem para o sul através do centro do Iraque e fluem para o Xatalárabe, perto do Golfo Pérsico. Estes rios fornecem ao Iraque quantidades significativas de terras férteis.

A região entre os rios Tigre e Eufrates, historicamente conhecida como Mesopotâmia, é mais frequentemente referida como o "berço da civilização". Foi ali que a humanidade começou a ler, escrever, criar leis e viver em cidades sob um governo organizado nomeadamente Uruque, a partir do qual o Iraque foi derivado. A área tem sido o lar de sucessivas civilizações contínuas desde o sexto milênio a.C. Em diferentes períodos da sua história, o Iraque era o centro dos impérios Acádio, Sumério, Assírio e Babilônico. O país também fez parte do Império Otomano e esteve sob controle britânico como um mandato da Sociedade das Nações.

As fronteiras atuais do Iraque foram, em sua maioria, demarcadas em 1920 pela Sociedade das Nações, quando o Império Otomano foi dividido pelo Tratado de Sèvres. O Iraque foi colocado sob a autoridade do Reino Unido através do Mandato Britânico da Mesopotâmia. A monarquia foi fundada em 1921 e o Reino do Iraque ganhou a independência da Grã-Bretanha em 1932. Em 1958, a monarquia foi derrubada e a República do Iraque foi criada. O Iraque foi controlado pelo Partido Baath Árabe Socialista de 1968 até 2003. Depois de uma invasão pelos Estados Unidos e seus aliados, em 2003, Saddam Hussein foi retirado do poder e eleições parlamentares foram realizadas em 2005. A ocupação americana no Iraque terminou em 2011, mas a insurgência iraquiana prosseguiu e intensificou-se sob a influência da Guerra Civil Síria.

Etimologia

O nome árabe العراق al-'Irāq tem estado em uso desde antes do século VI. Existem várias origens sugeridas para o nome. Uns datam para a cidade suméria de Uruque (hebraico bíblico Ereque) e é, portanto, em última instância, de origem suméria, como Uruque era o nome acadiano à cidade suméria de Urugue, contendo a palavra suméria para "cidade", UR. Uma etimologia popular árabe para o nome é "profundamente enraizada, bem regada; fértil". Durante o período medieval, havia uma região chamada 'Irāq'Arabi ("Iraque Árabe") para a Baixa Mesopotâmia e'Irāq'ajamī ("Iraque Estrangeiro"), para a região agora situada na Europa Central e Irã Ocidental. O termo incluía historicamente a planície ao sul das montanhas de Hamrin e não incluía as partes setentrionais e ocidentais do território moderno do Iraque. O termo Savade foi usado também no início da ocupação árabe da região da planície aluvial dos rios Tigre e Eufrates, contrastando-a com o deserto árabe árido. Como uma palavra árabe, عراق significa "bainha", "costa", "banco", ou "borda", para que o nome pela etimologia popular passou a ser interpretado como "a escarpa". No sul e no leste do Planalto Jazira, que forma a borda norte e oeste da área de "al-Iraq Arabi".[4]