Grupo Máquina PR

Grupo Máquina PR
Empresa privada
AtividadeComunicação corporativa
Fundação1995
SedeSão Paulo, SP, Brasil, Brasil
PresidenteMaristela Mafei
Empregados280 (2012)
ProdutosAssessoria_de_imprensa, Comunicação empresarial, Relações públicas, Mensuração de resultados, Análise de mídia, Marketing digital
Website oficialwww.grupomaquina.com

O Grupo Máquina PR é uma agência de comunicação corporativa e de relações públicas, criada e presidida pela jornalista e empreendedora Maristela Mafei. Fundada em 1995, tem sede em São Paulo e escritórios próprios no Rio de Janeiro e em Brasília, com um total de 280 funcionários. O Grupo Máquina tem uma carteira de 110 clientes, notadamente empresas de grande porte do segmento privado.[1]

Além da atuação em todo o território nacional, o Grupo Máquina tem parcerias internacionais com Brunswick, Hill & Knowlton, Ogilvy PR, Estudio de Comunicación, Cohn & Wolfe, Llorente & Cuenca e MBS Value. Foi a primeira agência de comunicação a ser aceita no Pacto Global da ONU[2] e é a única empresa do setor a fazer parte do grupo de empreendedores Endeavor.[3]

História

Surgida na segunda metade dos anos 1990, época em que o mercado de assessoria de comunicação era incipiente, a Máquina da Notícia despontou como agência responsável pelo relacionamento com a imprensa da Parmalat, multinacional da área de laticínios. Conquistou a conta da espanhola Telefonica, então recém-chegada ao mercado brasileiro.

Já na década seguinte, a Máquina da Notícia expandiu sua atuação e passou a desbravar segmentos pouco explorados, com a introdução de serviços para treinamento de porta-vozes, análise de mídia e mensuração de resultados (com uma metodologia própria, o IDM – Índice de Desempenho na Mídia). O trabalho de assessoria de imprensa ganhou importância destacada com a aceleração do processo de abertura de capital de grandes e pequenas empresas, e a Máquina da Notícia se beneficiou disso ao implantar e disseminar uma cultura de comunicação integrada.

A empresa respondeu pela gestão do processo de comunicação das fusões que deram origem à BRF, à Ambev e depois à Inbev, além de coordenar a integração das marcas Telefônica e Vivo.