Escala de furacões de Saffir-Simpson

Question book-4.svg
Esta página cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde junho de 2015). Ajude a inserir referências. Conteúdo não verificável poderá ser acadêmico)

Furacões com ventos ininterruptos de 118 km/h (65 nós), ou mais, foram classificados por Herbert Saffir, engenheiro consultor, e Robert Simpson, então diretor do Centro Nacional de Furacões no Estados Unidos, no início dos anos 1970, que desenvolveram a Tabela Saffir-Simpson como medida de intensidade de um furacão. A medida é de 1 a 5 sendo que 5 é o mais devastador.

O potencial de danos é baseado na pressão barométrica, na velocidade dos ventos e na elevação do nível do mar.

Escala de Furacões de Saffir-Simpson
DTTSTT12345


Escala de Saffir-Simpson

Tabela1 - Escala de furações ou ciclones (Saffir-Simpson)

Categoria Ventos em mph Ventos em km/h Ventos em m/s Altura / m Pressão / hPa
Tempestade Tropical 35–73 51-118 17-32
1 74–95 117–151 33-42 1,2–1,6 Maior que 980
2 96–110 152–176 43-49 1,7–2,5 965–979
3 111–130 177–208 50-58 2,6–3,8 945–964
4 131–155 209–248 59-69 3,9–5,5 920–944
5 >155 >249 >70 5,5—7 <920