Economia financeira


A Economia Financeira é o ramo da economia que estuda "a alocação e distribuição de recursos econômicos, tanto espacialmente quanto através do tempo, em um ambiente incerto".[1]

Ela é também caracterizada por sua "concentração das atividades monetárias", na qual "é provável que o dinheiro de um tipo ou outro apareça em ambos os lados de uma troca".[2] As questões propostas na economia financeira são tipicamente formuladas em termos de "tempo, incerteza, opções e informação".[2]

  • Tempo: dinheiro de agora é trocado por dinheiro no futuro
  • Incerteza (ou risco): A quantidade de dinheiro a ser transferido no futuro é incerta.
  • Opções: uma parte da transação pode fazer uma decisão em período posterior que afetará transferências subsequentes de dinheiro.
  • Informação: o conhecimento do futuro pode reduzir, ou possivelmente eliminar, a incerteza associada com o valor monetário futuro (VMF).

O assunto normalmente é ensinado a nível de pós-graduação.

Objetivo de estudo

A economia financeira foca-se na inter-relação de variáveis, tais como preços, taxa de juros e ações, em oposição a aquelas associadas à economia real. A economia financeira concentra-se nas influências das variáveis econômicas reais sobre as financeiras, em contraste com as finanças puras.

Ela estuda:

  • Valuation - Determinação do valor justo de um ativo
    • O nível de risco de um ativo - Identificação da taxa de desconto apropriada do ativo
    • O fluxo de caixa produzido - Desconto dos fluxos de caixa
    • Comparação do preço de mercado com ativos semelhantes - Valuation relativa
    • Dependência dos fluxos de caixa em relação a outros ativos ou eventos - Derivativos, avaliação de direitos contingentes
  • Mercados e instrumentos financeiros
    • Commodities
    • Ações
    • Títulos públicos
    • Instrumentos do mercado monetário
    • Derivativos
  • Instituições financeiras e regulatórias[3]

A econometria financeira é o ramo da economia financeira que usa técnicas econométricas para parametrizar suas relações.[4]