Distritos federais da Rússia

Os distritos federais (em russo: федера́льные округа́ ; federalnyye okruga) são um nível de divisão administrativa do território da Federação Russa com efeitos específicos para a supervisão e o planejamento do Governo Federal. Estes distritos não são as unidades constituintes da Federação, mas são um agrupamento destas unidades. Cada distrito federal tem um responsável indicado pelo presidente da Federação Russa, com o cargo oficial de representante plenipotenciário, cuja função é supervisionar o trabalho das agências federais que atuam na região.

Os representantes plenipotenciários atuam como o elemento de ligação entre as unidades da Federação e o Governo Federal e são os responsáveis pela supervisão do acatamento da legislação federal por parte das unidades da federação. Já para fins econômicos e estatísticos, as unidades da Federação foram agrupadas em 12 regiões econômicas.[1]

Lista dos distritos federais

Map of Russian districts, 2016-07-28.svg
Nome Data de Criação Área
(km²)
População
(Censo Russo de 2010)
Subdivisões
internas
Centro
administrativo
Distrito Federal Central 18 de Maio de 2000 652,800 38,438,600 18 Moscow
Distrito Federal do Sul 18 de Maio de 2000 427,800 13,856,700 6 Rostov-on-Don
Distrito Federal do Noroeste 18 de Maio de 2000 1,677,900 13,583,800 11 São Petersburgo
Distrito Federal do Extremo Oriente 18 de Maio de 2000 6,215,900 6,291,900 9 Khabarovsk
Distrito Federal Siberiano 18 de Maio de 2000 5,114,800 19,254,300 12 Novosibirsk
Distrito Federal dos Urais 18 de Maio de 2000 1,788,900 12,082,700 6 Yekaterinburg
Distrito Federal do Volga 18 de Maio de 2000 1,038,000 29,900,400 14 Nizhny Novgorod
Distrito Federal do Cáucaso Norte 19 de Janeiro de 2010 170,700 9,496,800 7 Pyatigorsk