Crime de honra
English: Honor killing

Question book-4.svg
Esta página cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde janeiro de 2019). Ajude a inserir referências. Conteúdo não verificável poderá ser acadêmico)
Ambox rewrite.svg
Esta página precisa ser reciclada de acordo com o livro de estilo (desde outubro de 2017).
Sinta-se livre para editá-la para que esta possa atingir um nível de qualidade superior.
Disambig grey.svg Nota: Não confundir com Crimes contra a honra.
Disambig grey.svg Nota: Se procura por pelo livro homônimo, veja Crime de Honra (livro).
Placa em memória da curda Hatun Sürücü em Berlim, Alemanha. Ela foi assassinada aos 23 anos por seus irmãos num crime de "honra". Tinha-se divorciado do primo com quem foi forçada a casar aos 16 anos, e estava numa relação com um homem alemão.[1]

Um crime de "honra" consiste no assassinato de um membro duma família, por se considerar a sua conduta imoral e nociva para a "honra" familiar ou para os princípios duma comunidade ou religião. As razões invocadas podem ser a recusa de um casamento forçado, uma relação desaprovada pela família ou comunidade, relações sexuais fora do casamento, ser vítima de violação, vestir -se de modo considerado inapropriado, ter relações homossexuais, procurar um divórcio, cometer adultério ou renunciar a uma fé.

[2][3]

Definições

A organização Human Rights Watch define crime de "honra" da seguinte forma:[4]

Crimes de honra são atos de vingança, geralmente morte, cometidos por membros da família do sexo masculino contra membros da família do sexo feminino, que são considerados como tendo trazido desonra para a família. Uma mulher pode ser alvo de (indivíduos dentro de) sua família por uma variedade de razões, incluindo: recusar-se a entrar em um casamento arranjado, ser vítima de agressão sexual, procurar um divórcio - mesmo de um marido abusivo - ou (alegadamente) cometer adultério. A mera percepção de que uma mulher se comportou de uma maneira que "desonra" sua família é suficiente para desencadear um ataque à sua vida.

Embora raramente, contudo, os homens também podem ser objecto de crimes de "honra".[5] Estes crimes são mais frequentes no Oriente Médio, Ásia Meridional e Norte da África . [6][7]