Arado
English: Plough

Disambig grey.svg Nota: Para outros significados, veja Arado (desambiguação).
Arado
04-09-12-Schaupflügen-Fahrenwalde-RalfR-IMG 1232.jpg
Tipo
Tillage machine (d), attachment (d), implemento agrícola (en)Visualizar e editar dados no Wikidata
Funcionamento
Energias
Gado, energia humana (d), trator, two-wheel tractor (en)Visualizar e editar dados no Wikidata
Utilização
Uso
LavouraVisualizar e editar dados no Wikidata
Seguido por
Two-wheel tractor (en)Visualizar e editar dados no Wikidata
Arando para plantio

Arado é um instrumento que serve para lavrar (arar) o solo, revolvendo a terra com o objetivo de descompactá-la e, assim, viabilizar um melhor desenvolvimento das raízes das plantas. Expõe o subsolo à ação do sol, ajudando a aumentar a temperatura e apressar o degelo. Também enterra restos de culturas agrícolas anterioresou ervas daninhas porventura existentes. Melhora ainda a infiltração de água no solo e a aeração, além de realizar a construção de curvas de níveis. É uma das etapas agrícolas que antecede a semeadura.Além desse objetivo primacial, a aração permite um maior arejamento do solo, o que possibilita o desenvolvimento dos organismos úteis, como as minhocas, além de, alguns casos, permitir a mistura de nutrientes (adubos, químicos ou orgânicos; corretivos de acidez, etc.). O arado é capaz de descompactar uma camada de solo que pode chegar aos 40 cm de profundidade.[1]

Terreno arado

Foi uma das grandes invenções da humanidade, por permitir a produção de crescentes quantidades de alimentos e o estabelecimento de populações estáveis.

Origem

Por volta de 4500 a.C., o ser humano cansou de vagar em busca de terras boas para o cultivo e de depender de minhocas para preparar o solo. Nossos antepassados usavam galhos de árvores para afofar o solo e fazer sulcos onde eram colocadas as sementes, como enxadas primitivas. Como nessa época o ser humano já havia dominado a metalurgia e a domesticação de animais, inventou um utensílio feito com galhos bifurcados (que depois recebeu uma pedra afiada na ponta) que, puxado por animais, arava a terra.[2] Os sumérios foram os primeiros a utilizarem arados tracionados por animais.

Antigo arado egípcio, circa 1200 a.C.

A partir do domínio da terra, o ser humano se fixou em aldeias e aumentou consideravelmente sua produtividade, gerando excedente e consequentemente iniciando atividades comerciais com povos vizinhos.[2] Os principais polos foram os vales dos rios da Mesopotâmia, Egito, Índia e China, os berços das primeiras civilizações da Antiguidade.[2] O impacto da invenção do arado foi tão grande que hoje ela é considerada um marco da Revolução Agrícola.[2] Os arados desta época apenas rasgavam a terra, sem revirá-la como fazem os arados mais modernos.[3]

O arado conhecido mais antigo do mundo, aproximadamente do ano 1.500 a.C. está exposto no Museu Nacional da Baixa Saxónia.[4]