Administração da produção

Wikitext.svg
Esta página ou seção precisa ser wikificada (desde agosto de 2010).
Por favor ajude a formatar esta página de acordo com as diretrizes estabelecidas.

A Administração da Produção ou Administração de operações é a função administrativa responsável pelo estudo e pelo desenvolvimento de técnicas de gestão da produção de bens e serviços. Segundo Slack (1996, p.34) a produção é a função central das organizações já que é aquela que vai se incumbir de alcançar o objetivo principal da empresa, ou seja, sua razão de existir.

A função produção se preocupa principalmente com os seguintes assuntos:

  • Estratégia de produção: as diversas formas de organizar a produção para atender a demanda e ser competitivo.
  • Projeto de produtos e serviços: criação e melhora de produtos e serviços.
  • Sistemas de produção: arranjo físico e fluxos produtivos.
  • Arranjos produtivos: produção artesanal, produção em massa e produção enxuta.
  • Ergonomia
  • Estudo de tempos e movimentos
  • Planejamento da produção: planejamento de capacidade, agregado, plano mestre de produção e sequenciamento.
  • Planejamento e controle de projetos
PortalA Wikipédia possui o:
Portal de Economia e negócios


Entradas – Transformação – Saídas

O processo produtivo consiste na transformação de entradas (Input) (de materiais e serviços) em saídas(output) (de outros materiais e serviços).

Transformação é o uso de recursos para mudar o estado ou condição de algo para produzir saídas. A maioria das operações produz tanto produtos como serviços. Os processos de transformação podem ser de vários tipos:

  • De materiais - processam suas propriedades físicas (forma, composição, características), localização (empresas distribuidoras ou de frete) ou posse (empresas de varejo).
  • De informações - processam a forma da informação (ex. contadores), localização (ex. empresa de telecomunicações) ou posse (ex. consultoria, serviços de notícias, etc).
  • De consumidores – processam condições físicas (ex. médicos), de localização (acomodação: ex. hotéis), de estado psicológico (indústria do entretenimento), etc.